MOBILE – PENSACOLA

Após a agradável estadia em Tallahassee, partimos em direção à Mobile, a principal cidade do minúsculo litoral do Estado do Alabama, que fica espremido entre a Flórida e o Mississipi.

A viagem com cerca de 240 milhas é realizada pela ótima I-10 W e dura cerca de 3 horas. Cuidado com o limite de velocidade, já que o Alabama tem muita fiscalização e, normalmente, os policiais ficam escondidos em curvas ou atrás dos arbustos.

Mobile é a terceira cidade mais populosa do estado, com cerca de 200.000 habitantes, sendo famosa pelo seu porto e por ter sido a responsável pelo surgimento do Mardi Gras, que, posteriormente, ganhou fama mundial em Nova Orleans.

A cidade é bem tranquila, sem muitos pontos turísticos famosos, sendo que os dois dias que ficamos foram mais do que suficientes.

Todo o agito se concentra na DAUPHIN STREET, rua que abriga os melhores bares, restaurantes e baladas de Mobile.

Nós fomos no LODA BIERGARTEN (251 Dauphin St, Mobile, AL 36602, EUA).

Bar/restaurante famoso por fazer ótimos lanches e oferecer muitas opções de cervejas. O ambiente é descolado, informal, tendo mesas na calçada. O atendimento foi cordial e eficiente.

Minha esposa pediu um cheeseburger com cogumelo empanado e eu fui de cheesebacon, ambos deliciosos! Os acompanhamentos estavam muito bons, ponto alto para as onion rings, sequinhas e crocantes!

Prepare-se para ficar perdido entre tantas opções de cervejas, excelente! Preços honestos.

Na mesma rua, uma quadra atrás do restaurante fica a Cathedral Square.

Na praça fica a CATHEDRAL OF THE IMMACULATE CONCEPTION (2 S Claiborne St, Mobile, AL 36602, EUA).

Igreja católica construída em 1835, sendo mundialmente famosa pelos belos vitrais pintados manualmente na Alemanha.

Apesar de não ser muito grande, a igreja é realmente muito bonita, e ainda estava vazia quando visitamos.

Terminamos o dia no COOPER RIVERSIDE PARK (1 S Water St, Mobile, AL 36602, EUA).

Parque agradável em frente ao Rio Mobile, com ótima vista para a baía.

Em nossa curta estadia, ficamos hospedados no HAMPTON INN MOBILE I-10 BELLINGRATH GARDENS (5478 Inn Rd, Mobile, AL 36619, EUA).

Hotel bem cuidado, limpo e com funcionários extremamente cordiais e atenciosos. Eu sempre recomendo a Rede Hampton para quem quiser o famoso bom, bonito e barato.

Quarto amplo e silencioso, cama confortável, ótimo café da manhã, internet rápida e estacionamento gratuito.

Localizado em uma área repleta de restaurantes, como a GODFATHER’S PIZZA (5440 Hwy 90 West, Mobile, AL 36619, EUA). Ambiente simples, porém, agradável, que faz ótimas pizzas por preços baixos.

Pedimos uma pizza grande de presunto e queijo com borda recheada que estava deliciosa! Eles fazem o queijo do topo ficar crocante e dourado.

No dia seguinte pegamos a I-10 W e fomos visitar a bela e famosa PENSACOLA BEACH.

As praias de Pensacola ficam em uma espécie de ilha comprida e fina, sendo ligada ao continente por algumas pontes.

O primeiro ponto de parada foi no GULF PIER (41 Fort Pickens Rd, Gulf Breeze, FL 32561, EUA).

A área do píer tem um estacionamento gigantesco e gratuito, além de vários restaurantes e bares.

Nós resolvemos almoçar no CRABS WE GOT EM (6 Casino Beach Boardwalk, Gulf Breeze, FL 32561, EUA).

Restaurante pé na areia que serve ótimos frutos do mar em um ambiente muito agradável.

O King Crab e os Crabcakes estavam deliciosos, acompanhados de boas cervejas geladas.

O preço é muito justo pela localização e qualidade da comida. Todos os dias das 11 às 22 horas.

A vista da praia é impagável.

Logo na saída do píer começa a estrada que leva até a principal atração da região, o FORT PICKENS (1400 Fort Pickens Rd, Pensacola Beach, FL 32561, EUA).

A estrada pavimentada que liga o antigo forte até o Píer de Pensacola tem nove milhas de extensão e marca o início do GULF ISLANDS NATIONAL SEASHORE.

Área de preservação ambiental cuja entrada custa 15 dólares por veículo e vale cada centavo gasto.

A estrada do parque tem pista simples, porém, em ótimas condições.

De um lado da estrada, virado para o continente, está a Baía de Pensacola, que, por causa do vento e do mar agitado, é muito utilizada para práticas esportivas.

Do outro lado da estrada fica o Golfo do México com suas belas praias de areia branca e fina que formam paisagens belíssimas.

O trajeto termina no bem preservado e imponente forte à beira mar, com ótima infraestrutura que inclui estacionamento, banheiros, gift shop, visitor center, museu e auditório.

O visitante pode escolher entre o tour guiado ou caminhar pelas instalações por conta própria.

Perto da entrada do forte, fechado ao público, fica uma área que aparenta ser um antigo presídio.

Um pouco antes de chegar ao Fort Pickens, à esquerda, fica uma entrada para visitar a torre de observação, o bunker e os canhões que ficavam escondidos na beira do mar para atacar os inimigos.

Passeio sensacional, realmente imperdível!

Mobile não tem muitos atrativos, mas pode ser uma boa porta de entrada para o Alabama, o estado mais amistoso dos EUA, e, ainda, se colocado em conjunto com Pensacola Beach, fica altamente recomendável.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s