CORDOBA – ARGENTINA

Aproveitamos um feriado do Poder Judiciário em agosto de 2014 e fomos conhecer a pouco comentada cidade de Córdoba. Devido a total falta de opção tivemos que voar de Gol, já que é a única Cia Aérea que faz voo direto saindo de SP.

A viagem ocorreu sem maiores percalços e durou 03 horas, porém, sem qualquer tipo de entretenimento a bordo.

O Aeroporto é pequeno, mas com movimento bem abaixo de sua capacidade. A área de embarque é um pouco apertada e o Duty Free minúsculo.

Fizemos nossa segunda viagem em dez/14, pois decidimos passar Natal nas Serras que circundam a cidade e o Ano Novo em Mendoza (ver posts).

Chegamos à conclusão que Córdoba se tornou uma boa porta de entrada para visitarmos outros lugares da Argentina sem a necessidade de passar pela sempre lotada Buenos Aires.

A Aerolineas Argentinas opera voos diretos de Córdoba para diversas cidades argentinas.

Ficamos hospedados no KUBE APARTMENTS (Montevideo, 574).

KUBE

Estabelecimento estilo flat, com cozinha completa e quartos grandes. Únicos pontos negativos: não tem TV no quarto, somente na sala, e a colcha da cama estava suja, mas trocaram no dia seguinte.
Fica situado em uma rua calma, próximo aos shoppings (Olmos e Costanera) e alguns restaurantes.
Pagamos 130 reais pela diária, portanto, voltaria a me hospedar se estivesse com o orçamento curto.

Em nossa segunda viagem ficamos hospedados no AMERIAN EXECUTIVE CORDOBA HOTEL (Bv. San Juan 137).

aaaamerian

Hotel novíssimo, vizinho ao mais antigo, porém da mesma rede, Amerian Cordoba Park Hotel. A Rede Amerian quase sempre nos rendeu ótimas estadias com preços bem baixos.

Só temos elogios ao hotel e suas instalações.

Os quartos possuem vidro duplo, portanto não precisa ficar com medo se o dormitório estiver virado para a avenida. Porém, se quiser paz absoluta, basta solicitar os quartos virados para o fundo.

Não tem estacionamento, mas o cliente pode escolher entre estacionar no Shopping Patio Olmos em frente (AR$ 250 a diária) ou no estabelecimento localizado a 3 quadras na Calle Independencia quase na esquina com a San Luis (AR$ 80 por dia).

Córdoba é a segunda maior cidade da Argentina, localizada na região central do país, ficando a 700 km de distância tanto de Buenos Aires quanto de Mendoza.

cordoba

A cidade é desenvolvida, mas achamos bem abandonada, provavelmente por causa da crise que assola a economia argentina.

Três dias são suficientes para percorrer as principais atrações da cidade, já que o centro histórico concentra a maioria dos pontos turísticos.

cord centro

Comece o passeio pela região da Plaza de La Intendencia e da Plaza Italia que inclui o Palácio da Justiça e a sede da Prefeitura.

palacio de justica 1

palacio de justica 2

plaza intendencia 1

plaza intendencia 2

plaza intendencia 3

prefeitura de cordoba

Caminhe quatro quadras até a Plaza General San Martin e a Catedral de Córdoba. As fotos foram copiadas do site oficial da cidade porque a igreja estava em reforma e a praça lotada de manifestantes.

gen san martin - catedral

gen san martin

Caminhe pelo calçadão sentido sul até chegar na Manzana Jesuítica e no Teatro del Libertador General San Martin.

manzana teatro

manzana

Pegue a Avenida Hipolito Yrigoyen e caminhe três quadras até o Paseo del Buen Pastor, prédio histórico que abriga um centro cultural, além de bares e restaurantes.

foto 1

A partir das 19 horas o Patio fica todo iluminado para o show das fontes.

foto 4

Aproveite para visitar a bela Igreja dos Capuchinhos.

foto 3

Basta descer mais três quadras para chegar na Plaza España e no imenso Parque Sarmiento.

entrada

lago 2

lago

Imensa área verde que engloba prédios públicos e a famosa Universidade de Córdoba.

universidae 1

universidae 2

universidae 3

Abriga ainda um museu de artes e um centro cultural.

foto 1 (1)

O Natatório Municipal possui uma bela piscina gigantesca.

foto 2

piscina 1

O Jardim Zoológico custa 100 pesos por pessoa e conta com uma excelente infraestrutura, sendo que todos os animais aparentam ser muito bem cuidados.

zoo 1

zoo 2

zoo 3

zoo 4

Vale a visita!

vgb

Aconselho percorrer o parque de carro, eis que muito grande!

saida

foto 3 (2)

O parque funciona das 08:00 às 20:00 horas.

Córdoba é uma cidade facilmente percorrida em apenas uma visita. Por outro lado, há muito o que se conhecer da região que a circunda, como Villa General Belgrano, La Falda, Villa Carlos Paz, Huerta Grande, Los Cocos, etc (ver posts).

RESTAURANTES

1) EL CELTA RESTAURANT (Jeronimo Luis de Cabrera, 269)

foto 1

Pedimos o famoso arroz celta, prato que lembra muito uma paella e serve de 3 a 4 pessoas.

foto 2

A comida estava deliciosa e o atendimento foi impecável ! Com certeza voltaremos para provar o polvo e a paella de verdade!

O prato custou 400 pesos.

2) BETOS (Bv. San Juan, 450)

Rede de restaurantes presente em diversas cidades argentinas. Frequentamos o estabelecimento situado perto do hotel, na Avenida Bv. San Juan. Boa comida, atendimento cordial e preços muito baixos.

betos

Fizemos três refeições neste restaurante. Em nosso primeiro almoço pedimos dois pratos comercias (bife de lomo e milanesa) acompanhados de fritas e ovo.

foto 1

foto 2

Deliciosos e custavam menos de cem pesos.

foto 3

No dia seguinte, após o passeio pelo Centro, pedimos um lanche de lomo duplo e um sanduíche de bife a milanesa. Muito bem preparados, no pão macio e com maionese caseira.

foto 1 (1)

foto 2 (1)

Cerca de noventa pesos cada lanche (bem grandes).

foto 3 (1)

No jantar do ultimo dia pedimos um bife de lomo e um vacío (fraldinha) grelhados, acompanhados de purê de batata. As carnes estavam extremamente saborosas, macias, no ponto exato. A melhor carne que comemos em Córdoba, sem qualquer dúvida.

foto 1

foto 2

Recomendo muito !

3) ALCORTA CARNES Y VINO (Av Alcorta, 330)

O restaurante fica em uma área nobre da cidade. O ambiente é chique.

foto 2

Pedimos 1 Patagônia + 1 coca + Camarões empanados de entrada + 1 prato individual para cada.

foto 1

foto 3

foto 4

A porção de camarão é minúscula, o bife de lomo sem sal, a milanesa estava boa e a batata recheada estava gelada, péssima. O preço é caro e achamos que a qualidade da comida não corresponde ao valor.

4) LA MAMMA (Av. Figueroa Alcorta, 270)

Restaurante perto do Alcorta Carnes Y Vinos, situado em um ótimo bairro, porém, assim como o seu vizinho, é caro e sem sabor.

foto 1 (1)

Pedimos 1 Patagônia + 1 papardelle de strogonoff + 1 spaghetti del bosque.

foto 2 (1)

foto 3 (1)

A massa estava insossa e com muito pouco recheio. Valor alto para a comida oferecida.

foto 4 (1)

Posts relacionados:

https://comidaparaviagem.wordpress.com/2015/01/10/huerta-grande-la-cumbre-los-cocos/

https://comidaparaviagem.wordpress.com/2015/01/10/villa-carlos-paz/

https://comidaparaviagem.wordpress.com/2015/01/10/villa-general-belgrano-la-cumbrecita-e-regiao/

https://comidaparaviagem.wordpress.com/2015/01/18/de-cordoba-a-mendoza/

https://comidaparaviagem.wordpress.com/2014/01/31/mendoza/

Advertisements

5 thoughts on “CORDOBA – ARGENTINA

  1. Pingback: De Córdoba a Mendoza | Comida para viagem

  2. Pingback: MENDOZA | Comida para viagem

  3. Pingback: HUERTA GRANDE – LA CUMBRE – LOS COCOS | Comida para viagem

  4. Pingback: VILLA CARLOS PAZ | Comida para viagem

  5. Pingback: VILLA GENERAL BELGRANO – LA CUMBRECITA E REGIÃO | Comida para viagem

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s